27 de setembro de 2015

Minha coleção de postais



Sempre me achei uma daquelas pessoas antigas pra idade, sabe?! Amo tecnologia, amo usar internet, amo escrever no word, amo ler em e-readers, amo mexer no celular, mas sinto que nada jamais vai substituir a maravilha que é passar o dia lendo um livro, pesquisando coisas na biblioteca, escrevendo à mão, indo ao correio enviar cartas... 

Foi por causa disso que ano passado comecei um projeto pessoal que consistia em escrever cartas e postais e conhecer pessoas novas. Desde então já conheci meninas do Reino Unido, dos Estados Unidos, da Bélgica, da Malásia, da Austrália, do Marrocos, da Índia e da Nova Zelândia. Algumas infelizmente perdi contato, mas consegui amizades que hoje são muito importantes para mim. 

Além das cartas, comecei troca de postais também, e mesmo sendo algo mais impessoal (pelo menos do jeito que eu tenho feito), ainda assim fico feliz da vida quando encontro postais novos na caixinha. Me dá a possibilidade de conhecer pessoas de lugares totalmente aleatórios e saber um pouquinho mais da vida delas. 

Os postais eu troco pelo Postcrossing (um dia falo dele aqui, se vocês se interessarem), onde a gente pega um endereço aleatório de alguém do mundo para mandar, e depois recebe um postal de outro lugar totalmente diferente. É uma experiência maravilhosa pois você nunca sabe de onde virá o próximo postal. 

As cartas eu consegui pessoas interessadas num fórum chamado Letter Sets. Lá você entra nos tópicos de acordo com as idades de correspondentes que você prefere, e ai encontra diversos perfis do mundo todo, e pode disponibilizar seu perfil também. 

Hoje então vou mostrar pra vocês alguns dos meus postais favoritos, entre eles estão alguns que recebi e outros que ganhei de amigos/parentes que viajaram e lembraram de mim. É algo que sempre peço para aqueles que vão viajar, e sempre compro um em minhas viagens.


Esses de fadas eu recebi do Postcrossing, e são os que mais amo. Sou apaixonada por esse universo místico das fadas e dos seres das florestas, então guardo esses três com muito carinho.

Ucrânia

Holanda

Letônia


Já esses foram trazidos de viagens. O de Machu Picchu minha tia trouxe quando foi para lá de carro ano passado, assim como o do Atacama - Chile; Já o de Dublin foi presente de uma colega de trabalho que foi para lá há uns dois anos.



Os da Cornelia Funke não são feitos para escrever e enviar, mas como eles possuem formato de postal, eu os deixo juntos e os considero como tais. Sou apaixonada pelas histórias da Cornelia Funke, e há um tempo enviei cartas para ele e recebi alguns presentinhos, como esse. Os dois estão autografados <3

Os do Ron Mueck eu trouxe da exposição dele que teve na Pinacoteca em SP esse ano, e são enormes (na foto não da pra ver bem, mas são os maiores que tenho). Você confere o post que fiz sobre esse dia aqui.



Esse postal veio numa carta de uma amiga querida da Lituânia, e ela me mandou uma pedrinha de Amber do Mar Báltico. Fiquei encantada com esse detalhe <3
Finlândia
Rússia

Bielorrússia

Esse do Harry recebi de uma amiga do Reino Unido e amo amo amo amo amo ele demais <3



Esse da Holanda ainda veio com um selo lindo da Alice!

Alguém aí também é adepto à essa antiga arte de troca de postais e cartas? Comentem aqui, estou curiosa!

Enquanto eu via os postais encontrei alguns mimos que recebi em várias cartinhas, e pretendo fazer um post dedicado especialmente à eles. O que acham?

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Espero que tenha gostado e que volte mais vezes. Se quiser deixar um recado, fique à vontade!